Complimenti a tutti i vincitori delle Olimpiadi di italiano Lingua Seconda 2018 , sponsorizzate dalla Scuola Toscana

La gara è organizzata dall’Istituto Durst di Bressanone con il sostegno dell’Intendenza scolastica per le scuole in lingua tedesca ed è dedicata agli alunni degli istituti secondari di secondo grado statali e paritari e delle scuole professionali in lingua tedesca e delle località ladine della provincia di Bolzano.

Le Olimpiadi di Italiano come Lingua seconda 2018 hanno dato il loro verdetto:

DSC_0283.jpg

SENIOR ASSOLUTI

a sinistra: Intendente scuola tedesca, Sigund Falkensteiner, Ivan Mattei (2° classificato) – Ist. Tecnologico Max Valier – Bolzano,

Ispettrice lingua italiana L2 dott.ssa Sarah Viola, Silvia Pizzinini (3° classificata) Liceo linguistico La Villa/Badia, Amir Bouchetta (1° assoluto) – Liceo Padri Francescani Bolzano, dott. Simon Raffeiner (DS)

Vincitori-degli-olimpiadi-3

SENIOR LICEI

a sinistra: dott. Marco Mariani (ex. ispettore italiano l2), dott. Lois Castlunger (vice ispettore scuole ladine), Gabriel Cascone – Liceo scientifico Bolzano (2° class.), Matteo Polito – Liceo scientifico Bolzano (1° classificato e già vincitore assoluto JUNIOR 2015), Gabriel Crazzolara, liceo scientifico Fallmerayer – Bressanone (3° class).

Vincitore-degli-olimpiadi-1

SENIOR SCUOLE PROFESSIONALI

a sinistra: dott.ssa Veronika Fink (DS- Laives), dott.ssa Pellegrino (DS – La Villa/Badia), Anastasia Cerenzia – SP Ch. J. Tschuggmall – Bressanone (1° classificata), Andrea Caterisano – Centro di formazione professionale Bolzano(2° class.), Larissa Jusanovic – SP per l’industria e l’artigianato – Bolzano (3° class.).

Vincitori-4

SENIOR ISTITUTI PROFESSIONALI

a sinistra: dott. Marco Forni (linguista lingua ladina), dott.ssa Maria Luisa Weissensteiner (vicaria Ist. tecnico Durst), Valentina Schiavon – Ist. tecnico Ora – (2° class.), Diego Campello – Istituto tecnico San Candido – (1° class.), Fabian Giovannini – Ist. tecnico Kunter – Bolzano (3° class.)

Attraverso tale competizione si accresce la motivazione da parte degli studenti altoatesini per avvicinarli ulteriormente alla lingua e alla cultura italiana, valorizzando il merito e l’eccellenza. La competizione permetterà loro di partecipare alla gara finale delle Olimpiadi di Italiano a livello nazionale. Scuola Toscana organizza da anni corsi di lingua e cultura per le classi degli istituti di questa regione, completando il programma anche con visite al patrimonio storico e artistico di Firenze; per questo da qualche anno Scuola Toscana è diventata sponsor tecnico delle Olimpiadi, offrendo ai vincitori un soggiorno culturale a Firenze. I vincitori saranno nostri ospiti in Maggio: a presto !

L’italiano non è solo una lingua che si studia, ma si vive!

Early morning, Fortezza & Pitti Uomo

Same place, same hour, 7.30 in the morning, just got off the bus. The bus stop area at Montelungo (which a side entrance to the central railway station of Santa Maria Novella), at the side of the Fortezza da Basso, today looks like this:

IMG_0440

Pitti Uomo Fashion Show is over, and all this trucks are waiting to enter the field of the fairground and reload the fair equipment (most of them are heading to Milan, for the following fashion fair). During the day this queue will lenghten to some kilometers. Better to avoid any car today and go by public means of transportation. Still better, go walking. Florence is a small city. Just 50 minutes walk from home to work…

Regalo di Natale

Anche questo Natale a Scuola Toscana pensiamo di restituire qualcosa di quello che abbiamo ricevuto.

Ogni anno tante ragazze, ragazzi, donne e uomini si mettono in viaggio per venire da noi a Firenze, a imparare o perfezionare la lingua, a godere delle bellezze della nostra città, a fare nuove amicizie; e noi cerchiamo di fare del nostro meglio per accoglierli nel modo migliore, così che la loro sia un’esperienza indimenticabile.

Dovremmo accogliere ancora meglio, con più rispetto e con ancora più attenzione e calore, coloro che vengono perché sono costretti a farlo, dalla guerra, dalla fame, dalla impossibilità di vivere una vita normale.

unnamed (1)

Anche quest’anno collaboriamo con l’Alto Commissariato delle Nazioni Unite per i Rifugiati (UNHCR), per dare almeno un contributo a chi accoglie i nostri fratelli.

SEIS JÓIAS DE FLORENÇA

Quando você ouvir falar que em Florença a arte está por toda parte, não é nenhum exagero. Não é preciso gastar euros extras com bilhetes e ingressos para apreciar certas coisas, basta ter olhos para poder apreciar tanta beleza. Confira abaixo a nossa seleção de 6 praças fiorentinas que você não pode deixar de visitar por aqui. Os números que você encontra ao lado do nome da praça não indicam a posição em um ranking de melhores, mas uma sugestão de itinerário.

1. Piazza Santa Maria Novella

A poucos passos da principal estação de trens de Florença – a estação Santa Maria Novella – encontra-se a Praça Santa Maria Novella (não a confunda com a Piazza Stazione, que é a praça im23 Beautiful Photos of Florence, Your Favorite City in the World - Condé Nast Traveler: ediatamente em frente a estação de trens!). O nome da praça deve-se a igreja de Santa Maria Novella, com sua belíssima fachada em mármore branco e verde. Aliás você vai reparar que aqui na Toscana várias outras igrejas possuem fachada em mármore com o mesmo estilo, como Santa Croce ou mesmo a catedral: um sinal de riqueza. Por incrível que pareça, para entrar na igreja é preciso pagar (Euro 5,00 o bilhete normal, Euro 3,50 para maiores de 65 anos, grátis para residentes no Comune di Firenze)! Para quem quer visitar a igreja, vale a pena dar uma olhada no  mapa interativo da igreja S.M.N. e também no horário de visitas.

Mas você não é obrigado necessariamente a entrar na igreja para a sua visita valer a pena.A praça foi recentemente restaurada e está mais bonita do que nunca.

Em um belo dia de sol você pode sentar em um dos banquinhos e ficar apreciando o movimento, ou quem sabe curtir outras atrações dos arredores.

Recentemente falei sobre o meu jantar no novo restaurante do Hotel Minerva, que fica do lado esquerdo da praça (para quem está olhando para a igreja).

2. Piazza San Lorenzo

Strike a bargain in Florence's San Lorenzo Market! #travel #honeymoon #italy: Uma das grandes atrações turísticas de Florença é o famoso “Mercato di San Lorenzo” que começa exatamente na Piazza San Lorenço. Trata-se de uma série de barraquinhas de produtos típicos de Florença como casacos de couro, bolsas, malas de viagem, cintos, lenços, estatuetas e bugigangas variadas.

Se por um lado o Mercato di San Lorenzo é uma atração, por outro lado ele esconde a beleza desta praça, com seus vários prédios do século XV e XVI e a fachada da Igreja de San Lorenzo. Repare que ao contrário de outras igrejas fiorentinas, a fachada de San Lorenzo não foi terminada, embora exista um projeto feito por Michelangelo que se encontra na Casa Buonarroti.

Não muito distante da Piazza San Lorenzo está o Mercato Centrale di San Lorenzo, lugar onde vendem frutas, verduras, peixe, carne e até comida pronta. Por sinal, lá fica também o Nerone, um dos lugares mais tradicionais e econômicos de Florença para comer um bom prato de macarrão ou alguma outra especialidade da cozinha toscana. Aproveito para lembrar que este não é o único mercado de alimentos de Florença, existe também o Mercato di Sant’Ambroggio.

 

3. Piazza Duomo

Florence, Italy, Italia!! Join me at Slateknight.com where I am learning Italian, Spanish, French and German! Learn how you can turn your dreams into a profitable business!:

Quando você coloca os pés na Piazza Duomo tem certeza que está realmente em Florença! É um dos lugares mais extraordinários de Florença não apenas pela beleza dacatedral e o batistério, mas pela quantidade de pessoas de países diferentes por metro quadrado! Se você parar 10 minutos ali nas escadinhas em frente a entrada da catedral vai escutar dezenas de línguas diferentes. É uma verdadeira experiência antropológica!

Embora o Duomo seja um ótimo ponto de referência em Florença, pode não ser uma boa idéia marcar um encontro lá: tem muita gente e é uma área muito ampla, vai ser fácil você ficar esperando seu amigo de um lado enquanto seu amigo já está resmungando pelo seu atraso do outro lado. 🙂

Você pode passar aqui pelo menos meio dia se quiser: primeiro suba as escadinhas até o alto da cúpula de Brunelleschi para ver a cidade lá do alto. Depois entre no Duomo e impressione-se com essa igreja: ela é bem diferente das outras por dentro (sugiro que você faça essa visita com um guia de turismo por perto, vai descobrir muitas histórias interessantes). Continue o passeio apreciando as portas de bronze do Batistério…

Ah, antes que eu me esqueça: durante o inverno o vento aqui é geladíssimo e é quase uma constante por isso não esqueça o gorrinho, luvas e cachecol, viu!

4. Piazza della Santissima Annunziata

Piazza SS Annunziata si trasforma in un'arena estiva con Apriti Cinema!, la rassegna cinematografica dall'8 luglio al 4 agosto. Scarica il programma

O nome dessa praça fiorentina se deve a Basílica de Santissima Annunziata (à esquerda da foto), que teve seu oratório construído em 1233 em homenagem a Virgem Maria e era meta de peregrinação no passado.

Outro edifício importante nessa praça é o Spedale degli Innocenti, construído no século XV para abrigar o primeiro orfanato europeu. Construído em estilo Renascentista com inspiração nos modelos clássicos que o arquiteto Filippo Brunelleschi tinha visto e estudado em Roma.

Ainda hoje embaixo do pórtico do Spedale degli Innocenti é possível ver uma roda onde antigamente eram abandonados os recém nascidos (a roda girava e os bebês entravam em uma cavidade). Hoje no local encontra-se um museu.

O terceiro edifício importante é a Loggia dei Servi di Maria onde funciona atualmente um hotel.

De vez enquando na Piazza SS. Annunziata é montado um cinema a céu aberto, palcos para shows durante o verão ou manifestações e eventos especiais.

Piazza SS Annunziata si trasforma in un’arena estiva con Apriti Cinema!  http://inflorence.me/arte-e-cultura-stories/apriti-cinema-piazza-ss-annunziata-diventa-unarena-estiva/

5. Piazza Santa Croce

Florence:Santa croce: Apesar da sua grande importância histórica, conheço pessoas que já vieram a Florença e nunca visitaram a Piazza Santa Croce! Ela fica um pouco fora de mão em relação aos pontos mais conhecidos da cidade e alguns turistas que visitam a cidade em apenas 24 horas às vezes deixam de incluir esta importante etapa de uma viagem para Florença.

Sobre o ambiente: ao redor da praça encontram-se edifícios importantes como o Palazzo dell’Antella, o Palazzo Cocchi-Serristori (do final do século XV) e, claro, a famosa Basílica de Santa Croce construída entre 1294 e 1443. Repare na fachada: ela também é de mármore branco e verde como o Duomo e a Igreja de Santa Maria Novella! Mas do lado esquerdo da entrada lá está uma estátua imponente: é Dante Alighieri, um dos motivos de orgulho de Florença (embora ele tenha sido obrigado a exilar e tenha morrido em Ravenna). Na Basílica de Santa Croce foram enterrados alguns nomes ilustres da história como Michelangelo, Galileu e Machiavelli.

Na Piazza Santa Croce acontece também o Calcio Storico Fiorentino: no dia de São João (San Giovanni, 24 de junho) a praça se transforma na arena do futebol antigo que nasceu no início do século XV, foi suspendida em 1739 para recomeçar em 1930. Atenção: o espetáculo é um pouco violento.

Ao redor da Piazza Santa Croce existem diversas lojas que vendem acessórios e roupas de couro o também Escolas de Língua Italiana especialistas no ensino de língua italiana para estrangeiros – aqui é também nossa scuola linguística chamada SCUOLA TOSCANA; para mais informações você pode visitar nosso site:

– http://www.escola-italiano.com/br/profile.php.

6. Piazza della Repubblica

      Ahh found piazza republica in Florence Italy. This is the building I studied abroad at a couple years back. So excited to go back to Florence this summer.:      Florence Italy, this is just outside the hotel Kurt and I stayed......just like my "profile" pic:

Hoje a Piazza della Repubblica é uma das áreas mais nobres de Florença: aqui encontram-se alguns dos cafés mais antigos e famosos da cidade, como o Gilli (desde 1733) e o ou o Paszkowski (desde 1846), além do sofisticado Hotel Savoy, um dos melhores hotéis de Florença. Mais recentemente foi inaugurado nesta praça também oHard Rock Café de Florença.

A Piazza della Repubblica é considerada desde sempre o centro de Florença, o coração da cidade. Nela encontra-se a famosa “Colonna della Dovizia” (dovizia = riqueza) ou “Colonna dell’Abbondanza“, que foi erguida em 1431 e recebeu no topo uma estátua realizada por Donatello. Em 1721, a estátua de Donatello após anos de sol e chuva, caiu no chão despedaçando-se e foi substituída no ano sucessivo com uma parecida, realizada por Giovan Battista Foggini.

Antigamente a Piazza della Repubblica era o ponto de um antigo mercado da cidade, que sucessivamente foi transferido para a Loggia del Mercato Nuovo (a poucos metros de distância) também conhecida como Loggia del Porcellino (aliás, não esqueça de colocar uma moedinha na língua do porcellino, se ela cair dentro da gradinha, você voltará para Florença outras vezes…).

A área onde encontra-se a Piazza della Repubblica  foi completamente transformada em ocasião da Proclamação de Florença como Capital da Itália (1865-70) colocando fim as ruínas do antigo gueto judeu (Il Ghetto). A atual praça que você vê hoje é resultado da transformação urbanística daquela época.